Nosso Blog

O que é “fio do tecido”?

Você já ouviu falar em “fio do tecido”? Essa informação vem escrita nos moldes para orientar o posicionamento e o corte do tecido. O que tanto chamamos de fio do tecido é o sentido em que corre o fio de urdume, o mesmo sentido que corre a ourela. Os diferentes modelos de roupa podem exigir os seguintes tipos de corte no tecido:

  • Corte no fio reto: A indicação do fio do tecido é posicionada paralela à ourela do tecido.
  • Corte atravessado: A indicação do fio do tecido é posicionada paralela à trama do tecido.
  • Corte enviesado: A indicação do fio do tecido é posicionada seguindo o sentido do viés do tecido.

Se você for numa loja de tecido e pedir 1 metro de tricoline, por exemplo, o vendedor vai medir na ourela do tecido o tamanho pedido. Esse é o sentido do comprimento do tecido e é nele encontramos o famoso fio reto. Quando a roupa é cortada nesse sentido tem um caimento melhor do que quando cortada atravessada. Além disso, como o fio de urdume é mais tensionado e rígido na hora da confecção do tecido, também é mais resistente, e é ótimo para regiões da roupa que vão sofrer tensão, como palas de camisas.

Já no sentido do corte que o vendedor faz encontramos os fios de trama. Chamamos o corte feito nesse sentido de corte atravessado. Diferentemente do urdume, a trama não é tensionada durante a fabricação do tecido, logo o fio pode ser menos resistente e menos torcido

ATENÇÃO: Lembre-se que antes de qualquer coisa, independente do tipo de corte a ser feito, é muito importante fazer a preparação do tecido para o uso. (CLIQUE AQUI e veja como alinhar o tecido corretamente)

Para o corte enviesado é preciso posicionar o molde num ângulo de 45 ° em relação à ourela e a trama. Cortar o tecido  ao longo da diagonal o deixa muito mais elástico e com um caimento mais fluido. Este tipo de corte é muitas vezes usado em roupas femininas, como saias e lingerie, e está associado à roupas cheias de glamour ou sensuais. PORÉM, uma vez que o tecido se torna muito mais elástico, é bem mais difícil trabalhar com ele. Ele não pode ser puxado ou esticado quando passado na máquina porque dessa forma a peça final vai ficar torta. Além disso muitas vezes é necessário deixar a peça cortada pendurada por no mínimo 24 horas para permitir que as tramas do tecido cedam ao máximo e evite bicos na peça depois de pronta. Por isso se você é iniciante mas gostaria de aprender a cortar e costurar peças enviesadas, comece por modelos simples e fuja de tecidos finos.

Como posicionar o molde no tecido

Agora que entendemos um pouco a diferença entre os tipos de cortes, veja abaixo como marcar ou saber identificá-los:

  1. Para marcar o fio reto no molde, trace uma linha paralela ao centro da frente ou centro das costas.
  2. Para marcar o fio atravessado, trace uma linha perpendicular ao centro da frente ou centro das costas.
  3.  Para marcar o viés, trace uma linha a 45˚ da linha do centro da frente ou das costas.

O posicionamento dos moldes no tecido para o corte deve ser feito sempre posicionando a seta que indica o fio do tecido paralela à ourela, como mostra a figura abaixo:

O que achou? Ainda tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários e até a próxima! 😉

Está gostando do conteúdo? Compartilhe:

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

one × three =

Está Gostando? Compartilhe

FIQUE POR DENTRO!

Seja avisado sempre que surgir um conteúdo novo aqui na Linha N'agulha

Seja bem-vindo(a)! Para poder apresentar o site da melhor forma possível, utilizamos cookies. Para saber mais, acesse nossa Política de Privacidade.